Ensino Médio

Um ser humano autônomo e solidário – eis o ideal de ser humano deste milênio. Esse ideal representa e retrata as novas tendências do mundo em todas as áreas, inclusive no mercado de trabalho. Atender a essas exigências implica na busca por uma nova postura em relação a si mesmo, ao outro e à realidade.

Dentro dessa perspectiva, o Ensino Médio vem redefinindo seu papel na formação do jovem deste milênio. Ele tem deixado de ser um período voltado exclusivamente para a preparação do jovem para a vida universitária, apresentando-se, cada vez mais, como um período fundamental de construção de um projeto pessoal e social desse jovem.

Assim, o projeto do Ensino Médio da Carandá dá uma ênfase especial àquilo que acredita ser o conjunto de competências necessárias ao jovem do século XXI. Através desse projeto de Ensino Médio caminhamos no sentido de formar um ser humano mais autônomo e solidário, capaz de fazer escolhas conscientes e responsáveis.

NOVO ENSINO MÉDIO NA CARANDÁ

O que significa essa etapa da escolaridade para nossos alunos e como oferecer percursos e experiências potentes ao longo desse período tão importante da vida dos jovens?

Essas e outras perguntas fazem parte do cenário e dos desafios da implantação do Novo Ensino Médio, a partir das mudanças das políticas públicas educacionais.

As novas diretrizes curriculares são compostas por três elementos centrais:

1. A promoção de uma experiência escolar que dialogue com as questões sociais, econômicas e culturais de maneira mais ampla.

2. O aumento das possibilidades de escolhas e de construção de percursos de estudos pelos alunos.

3. O trabalho e o apoio ao desenvolvimento do Projeto de Vida dos alunos.

Em nosso Ensino Médio, esses aspectos já são contemplados há bastante tempo!

Sempre acreditamos na importância de oferecer uma experiência acadêmica sólida e abrangente, aliada a momentos de escolhas curriculares e projetos autorais de nossos alunos e alunas. A monografia que eles apresentam no 3º ano é uma concretização disso.

Assim, a proposta de um Novo Ensino Médio dialoga com muitas de nossas crenças e ações nos últimos anos.

A ESCOLA E A PROMOÇÃO DO PROJETO DE VIDA

Um dos aspectos centrais da proposta de um Novo Ensino Médio é o de que a escola deve promover, sistematizar e orientar seus alunos e alunas na construção de seu Projeto de Vida.
Ou seja:

  • Refletir sobre a sua identidade e seu lugar no mundo;
  • Dialogar sobre seus valores, propósitos e projetos;
  • Retomar as experiências escolares e extraescolares, reconhecendo as aprendizagens e desafios;
  • Pensar sobre os projetos pessoais, como o percurso de estudo após o Ensino Médio, as escolhas profissionais e os seus propósitos de vida.

Esses temas estarão presentes ao longo dos três anos do Ensino Médio, em especial nas atividades de Orientação Educacional e na Tutoria, que acontece no 1º Ano.

Live sobre o Projeto de Vida:

Escolher uma profissão é escolher com quais problemas do mundo queremos trabalhar.

A CRIAÇÃO DOS ITINERÁRIOS FORMATIVOS

A escola passa a oferecer para seus alunos e alunas a possibilidade de escolher um Itinerário Formativo.
Ao optar por um determinado itinerário, o estudante passará a ter uma carga maior de disciplinas ligadas a determinadas áreas e menos das outras.

Aqui ofereceremos, a partir do 2º Ano do Ensino Médio, três possibilidades de itinerários:

MUITO ALÉM DOS ITINERÁRIOS FORMATIVOS: O CURRÍCULO DO NOVO ENSINO MÉDIO

Desde o 1º ano do Ensino Médio, os alunos e alunas fazem escolhas em seu percurso escolar, construindo um caminho particular e repleto de novos desafios. Os principais espaços de escolha são:

Disciplinas Eletivas
a cada semestre, do 1º ao 3º Ano, são oferecidas disciplinas de diferentes campos do conhecimento e com linguagens que ampliam as experiências escolares dos estudantes.

Núcleo Corpo, Arte e Tecnologia
a cada semestre, do 1º ao 3º Ano, o Núcleo oferece cursos ligados a esses campos, nos quais são desenvolvidas oficinas e atividades práticas ligadas aos temas dessas áreas.

Monografias
durante o 2º Ano, os alunos escolhem um tema de seu interesse para uma pesquisa individual. A partir desse estudo, orientado por
um professor, o(a) aluno(a) produz uma monografia e prepara uma apresentação pública de seu trabalho, que é finalizado durante o 3º Ano.

Orientação Profissional
no espaço das aulas de Orientação Educacional do Ensino Médio, um dos temas abordados refere-se aos processos de reflexão sobre os percursos pessoais e os caminhos de cada aluno e aluna após o Ensino Médio.

NÚCLEOS DE ELETIVAS E NÚCLEO CORPO, ARTE E TECNOLOGIA.

Oferecer ao estudante a possibilidade de criar um caminho singular de formação, no qual ele possa explorar seus interesses, conhecer novas linguagens e adentrar em novos territórios de aprendizagem.

Esses são os principais objetivos do Núcleo de Eletivas e do Núcleo Corpo, Arte e Tecnologia. A cada semestre os estudantes realizam a escolha de um curso em cada um desses núcleos, que farão parte de seu currículo pessoal.

O PERCURSO DOS ALUNOS AO LONGO DO ENSINO MÉDIO.

Acreditamos que o 1º Ano tem um importante papel de chegada e adaptação ao Ensino Médio e, ao mesmo tempo, de um primeiro contato com os Itinerários Formativos.

Já no 2º ano, o aluno opta pelo itinerário de seu interesse, mantendo parte de sua carga de estudos no Núcleo Comum.

Tendo isso em vista, o currículo de cada série está organizado da seguinte forma:

Vale destacar que, na proposta do Ensino Médio da Carandá, os alunos e alunas terão aulas de todas as disciplinas durante os 3 anos, com variações de carga horária conforme o itinerário escolhido.

*Aulas de Inglês específicas para cada itinerário.